Voltar para Todos os Eventos

Cinema/Festival: OS JOVENS BAUMANN - Festival de Brasília

‘OS JOVENS BAUMANN’, DE BRUNA CARVALHO ALMEIDA 
 
Distribuído pela Vitrine Filmes e produzido pela Sancho&Punta, o longa será exibido na mostra caleidoscópio do 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

O filme “OS JOVENS BAUMANN”, de Bruna Carvalho Almeida,  selecionado para a mostra caleidoscópio do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, será exibido nesta quarta-feira, 19 de setembro, ás 16h30.
 
Distribuído pela Vitrine Filmes e produzido pela Sancho&Punta, “OS JOVENS BAUMANN”, conta a história de jovens que misteriosamente desapareceram após as férias de verão da família. A ficção reúne cenas de fitas VHS com registros caseiros de seus últimos momentos, além de gravações em HD. Através da junção dessas imagens, o filme reorganiza os fragmentos de um mistério até hoje sem solução.
 
A diretora do filme inova na linguagem diversificando as formas de realização do longa. “Eu tenho muita dificuldade com os termos mockumentary, ou falso documentário de arquivo, justamente por não gostar da palavra 'falso' para esse projeto. Enquanto eu fazia o filme, eu sempre tinha em mente que as narrativas se utilizam de determinados artifícios de linguagem para se contar. Nesse sentido, eu acredito que o VHS e o registro amador não servem para enganar o espectador quanto à sua veracidade, mas pra fortalecer e potencializar essa história”, conta.
 

FICHA TÉCNICA “OS JOVENS BAUMANN”
 
Direção: Bruna Carvalho Almeida
Ass. de direção: Adriana Serafim
Produção: Ana Júlia Travia, Eduardo Azevedo, Julia Alves, Michael Wahrmann
Produção executiva: Eduardo Azevedo, Julia Alves, Michael Wahrmann
Produtores associados: Alice Andrade Drummond
Roteirista: Bruna Carvalho Almeida e Larissa Kurata
Direção de fotografia: Anna Santos
Op. de câmera: Anna Santos
Op. de som: Henrique Chiurciu
Trilha sonora: Luis Felipe Labaki
Mixagem: Henrique Chiurciu
Montagem: Rafael Nantes, Luis Felipe Labaki
Elenco: Isabela Mariotto, Julia Burnier, Julia Moretti, Marília Fabbro, Anna Santos, Cainã Vidor, Daniel Mazzarolo, Eduardo Azevedo, Julio Barga
Arte: Eduardo Azevedo
Figurino: Eduardo Azevedo
Distribuidora: Vitrine Filmes
Apoio financeiro: FSA

 
SOBRE A VITRINE FILMES

Em oito anos, a Vitrine Filmes distribuiu mais de 120 filmes. Entre seus maiores sucessos estão "Aquarius" e "O Som ao Redor", de Kleber Mendonça Filho, "Hoje Eu Quero Voltar Sozinho", de Daniel Ribeiro e o americano "Frances Ha", dirigido por Noah Baumbach, indicado ao Globo de Ouro em 2014.

Em 2017, a Vitrine lançou "O Filme da Minha Vida", terceiro longa como diretor de Selton Mello, e "Divinas Divas", dirigido por Leandra Leal, o documentário mais visto no ano.

Alguns dos mais importantes lançamentos deste ano da Vitrine foram "Paraíso Perdido", de Monique Gardenberg e "O Processo", de Maria Augusta Ramos, que já está entre os 10 documentários mais vistos da história do cinema nacional.

 
SANCHO&PUNTA

A SANCHO&PUNTA se estabelece em São Paulo em 2016, através da parceria entre as produtoras Sancho Filmes e Punta Colorada de Cinema, com o objetivo de compartilhar uma plataforma de produção destinada à realização de projetos independentes de diretores brasileiros e internacionais.

Ao aliar a experiência das duas empresas na criação, produção e distribuição de filmes independentes e à presença no mercado internacional, a SANCHO&PUNTA expande a diversidade de seus projetos e abre espaço para novos encontros cinematográficos.

Em 2017, a SANCHO&PUNTA lança INVISÍVEL, segundo longa-metragem de Pablo Giorgelli (Las Acacias - Câmera de Ouro, Cannes 2011), uma coprodução com Argentina, Uruguai, França e Alemanha. O filme teve  sua estreia mundial na mostra Orizzonti do 74º Festival de Veneza, e estreia comercial no Brasil em novembro do mesmo ano.

Também estreou no 74º Festival de Veneza, ZAMA, de Lucrécia Martel. O filme é uma coprodução brasileira pela Bananeira Filmes e conta com produção associada da Punta Colorada, tendo sua estreia em salas comerciais brasileiras em Março de 2018.

Ainda em 2017, a SANCHO&PUNTA lançou o longa-metragem LOS TERRITORIOS, de Ivan Granovsky, uma co-produção com a Argentina que teve sua premiére mundial no Festival Internacional de Cinema de Rotterdam, na seção competitiva Bright Future. O filme recebeu o Prêmio Especial do Júri no Festival Internacional de Cartagena das Indias. Em junho de 2018, LOS TERRITORIOS foi lançado em circuito comercial pela Vitrine Filmes.

No mesmo ano, a SANCHO&PUNTA lançou ERA UMA VEZ BRASÍLIA, dirigido por Adirley Queirós, em coprodução com a 5 da Norte (DF) e a Terratreme Filmes (Portugal). O filme recebeu menção especial na seção Signs of Life, do 70º Festival de Locarno.

OS JOVENS BAUMANN, primeiro longa de Bruna Carvalho de Almeida,  ganhou o premio de WIP no Festival de Cartagena e terá sua estreia mundial no Festival de Brasília 2018.