DJON ÁFRICA estreia dia 11 de outubro

‘DJON ÁFRICA’ É O FILME DO MÊS DE OUTUBRO DA SESSÃO VITRINE PETROBRAS

Coprodução Brasil, Portugal e Cabo Verde pauta a busca de um jovem português por suas raízes africanas

 

Sinopse

Miguel Moreira, também conhecido como Tibars e Djon África, descobre que a genética pode ser cruel quando sua fisionomia – bem como alguns de seus fortes traços de personalidade – o denunciam imediatamente como o filho de seu pai; Alguém que ele nunca conheceu. Esta descoberta intrigante leva-o a tentar descobrir quem é este homem. Tudo o que ele sabe sobre ele é o que sua avó, com quem ele sempre viveu, lhe contou.
 

Ficha Técnica

Produção: Terratrema Filmes, Desvia Filmes, Oll, Uma Pedra no Sapato
Elenco: Miguel Moreira, Isabel Cardoso
Direção: Joao Miller Guerra, Filipa Reis
Roteiro: Pedro Pinho
Ano: 2018
Duração: 96 min
Gênero: Ficção
 

Prêmios

Prémio FIPRESCI - 36º Festival Cinematográfico Internacional del Uruguay, Uruguay
Menção Especial do Júri - 36º Festival Cinematográfico Internacional del Uruguay, Uruguay


Festivais

International Film Festival Rotterdam: Holanda
New Directors/New Films, EUA
San Francisco International Film Festival, EUA
FoR - Frames of Representation, Reino Unido
CPH:PIX, Dinamarca
The New Zealand Film Festival Trust, Nova Zelândia
Vancouver International Film Festival, Canada
Afrika Film Festival, Alemanha
36º Festival Cinematográfico Internacional del Uruguay, Uruguay
Göteborg Film Festival, Sweden
36th Filmfest Muenchen, Germany
 

SOBRE OS DIRETORES
 
Filipa Reis e João Miller Guerra vivem e trabalham juntos em Lisboa. Filipa formou-se em Gestão e tem uma pós-graduação em Cinema e Televisão. João licenciou-se em Design de Equipamentos e completou estudos em Pintura e Artes Plásticas. Juntos realizam filmes desde 2010, documentários e curtas-metragens, exibidos e premiados em festivais nacionais e internacionais de cinema. Em 2018 terminaram seu primeiro longa-metragem de ficção, DJON ÁFRICA, que estreou mundial na Tiger Competition do International Film Festival of Rotterdam e ganhou o prémio FIPRESCI do júri e uma menção honrosa no Festival Internacional do Uruguai.
 
Em 2008, fundaram a VENDE-SE FILMES, onde trabalham projetos televisivos e, simultaneamente, desenvolvem o seu trabalho de cinema sob a designação UMA PEDRA NO SAPATO. Aqui trabalham os seus filmes e projetos documentais e de ficção de outros autores como Margarida Cardoso, Leonor Teles, José Filipe Costa, Paulo Abreu e Mónica Lima. Os filmes da UMA PEDRA NO SAPATO têm sido exibidos e premiados em festivais como Berlim (Urso de Ouro 2016), Cannes (L’ACID 2018), Festival Internacional do Rio de Janeiro, Bafici, Cinéma du Réel (prémio SCAM 2018), Mar del Plata, Festival do Uruguai, FIDMarseille, IDFA, DOKLeipzig, Oberhausen, Visions du Réel, Olhar de Cinema Curitiba, Clérmond-Ferrand, New Directors/New Films, Moscow FF, Janela Internacional de Cinema Recife, Hong Kong, FilmFest Munchen, FICUNAM, Festival dei Popoli, Edinburgh IFF, Sheffield, Melbourne FF e Durban IFF, entre muitos outros. Como realizadores e produtores para televisão, sob a marca VENDE-SE FILMES, Filipa e João são responsáveis por mais de 100 horas de conteúdo independente e factual de televisão, desde séries de ficção a séries documentais.
 

SOBRE A PRODUTORA 

Desvia é uma produtora Brasileira independente fundada em 2010 pelo diretor Gabriel Mascaro e pela produtora Rachel Ellis. O foco da empresa é a produção de conteúdo audiovisual para o cinema que pesquisa narrativas inovadoras. A produtora tem um foco em co-produção internacional e seus filmes têm sido lançados em alguns dos mais importantes festivais do mundo (Veneza, Locarno, Toronto, San Sebastian, IDFA, Rotterdã).


SOBRE A SESSÃO VITRINE PETROBRAS
 
Cada filme da SESSÃO VITRINE PETROBRAS terá pelo menos uma sessão diária com horário fixo, nos mesmos cinemas de mais de 20 cidades. Os filmes ficarão em cartaz por no mínimo duas semanas em cada cidade. A intenção é que uma programação mensal e um horário fixo tornem-se um referencial e criem um público cativo.
 
Em 2018, a SESSÃO VITRINE PETROBRAS estará nas seguintes cidades: Rio Branco (Cine Teatro Recreio), Maceió (Cine Arte Pajuçara), Fortaleza (Cinema do Dragão), Brasília (Cine Brasília e Espaço Itaú de Cinema Brasília), Vitória (Sesc Gloria), Goiânia (Cine Cultura Goiânia e Lumiere Bouganville 5), São Luís (Cine Lume), João Pessoa (Cine Bangue), Recife (Cine São Luíz, FUNDAJ Cinema do Museu), Teresina (Cine Teresina), Curitiba (Cineplex Batel e Cinemateca de Curitiba), Niterói (Cine Arte UFF), Rio de Janeiro (Espaço Itaú de Cinema Botafogo e Estação Net Rio), Manaus (Casarão de Ideias), Aracaju (Cine Vitória), São Paulo (Espaço Itaú de Cinema Augusta, Cinesystem Morumbi Town e CineArte), Palmas (Cine Cultura Palmas), Porto Alegre (Cine Bancários), Salvador (Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha), Belo Horizonte (Cine Belas Artes, Cine 104), Santos (Cinespaço Miramar), Belém (Cine Líbero Luxardo) entre outras.


Serviço:
 
Os ingressos são vendidos a preço reduzido, através da bilheteria ou “Cartão Fidelidade SESSÃO VITRINE PETROBRAS”, que poderá ser adquirido no site do projeto. Valor máximo do ingresso: R$ 12 (inteira) / R$ 6 (meia) – variando de acordo com a cidade.

EstreiaSinny Assessoria