MINHA LUA DE MEL POLONESA, dirigido por Élise Otzenberger, estreia nos cinemas dia 29 de agosto

MINHA LUA DE MEL POLONESA’ ESTREIA EM 29 DE AGOSTO

Longa é o primeiro a ser exibido no projeto Caixa de Pandora no segundo semestre

SINOPSE  
Anna e Adam, um jovem casal de Paris com origens judaicas polonesas, partem pela primeira vez rumo à Polônia. Eles foram convidados para comemorar os 75 anos da destruição da comunidade de nascimento do avô de Adam. Enquanto ele parece pouco animado com a viagem, Anna está ansiosa para descobrir o país, que também é a terra natal de sua avó. Finalmente, lá vão eles em busca de suas origens em uma jornada cheia de surpresas, durante a qual não encontrarão exatamente o que procuram.  

FICHA TÉCNICA  
Direção e roteiro: Élise Otzenberger  
Direção de fotografia: Jordane Chouzenoux  
Produção: Alice Girard  
Montagem: Pauline Dairou  
Som: Matthieu Perrot  
Elenco: Judith Chemla e Arthur Igual  
País: França  
Ano: 2018  
Duração: 88 min.  


SOBRE A PANDORA FILMES  
A Pandora é uma distribuidora de filmes independentes que há 30 anos busca ampliar os horizontes da distribuição de filmes no Brasil revelando nomes outrora desconhecidos no país, como Krzysztof Kieślowski, Theo Angelopoulos e Wong Kar-Wai, e relançando clássicos memoráveis em cópias restauradas, de diretores como Federico Fellini, Ingmar Bergman e Billy Wilder. Sempre acompanhando as novas tendências do cinema mundial, os lançamentos recentes incluem “The Square – A Arte da Discórdia”, de Ruben Östlund, vencedor da Palma de Ouro em Cannes, e “O Apartamento”, de Asghar Farhadi, vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. 


Paralelamente aos filmes internacionais, a Pandora atua com o cinema brasileiro, lançando obras de diretores renomados e também de novos talentos, como Gustavo Steinberg, Ruy Guerra, Edgard Navarro, Sérgio Bianchi, Roberto Moreira, Beto Brant, Fernando Meirelles, Helena Ignez, Tata Amaral, Anna Muylaert, Petra Costa e Gabriela Amaral Almeida. Entre os próximos lançamentos, destacam-se “Greta”, de Armando Praça; “O Traidor”, de Marco Bellocchio, coprodução nacional, que concorreu à Palma de Ouro em Cannes; e “O Caso Morel” de Suzana Amaral. 


Em 2019, a distribuidora criou o projeto Caixa de Pandora que visa programar filmes premiados, escolhidos através de uma cuidadosa curadoria para serem exibidos em salas comerciais da rede Cinépolis, em 25 cidades do Brasil. 

Anna e Adam, um jovem casal de Paris com origens judaicas polonesas, partem pela primeira vez rumo à Polônia. Eles foram convidados para comemorar os 75 anos da destruição da comunidade de nascimento do avô de Adam. Enquanto ele parece pouco animado com a viagem, Anna está ansiosa para descobrir o país, que também é a terra natal de sua avó.
MINHA LUA DE MEL POLONESA   é o primeiro filme a ser exibido no circuito Caixa de Pandora, parceria entre a Pandora Filmes e Cinépolis, no segundo semestre de 2019. Com isso, o longa tem circuito garantido em 20 salas da rede, em 13 estados.

MINHA LUA DE MEL POLONESA é o primeiro filme a ser exibido no circuito Caixa de Pandora, parceria entre a Pandora Filmes e Cinépolis, no segundo semestre de 2019. Com isso, o longa tem circuito garantido em 20 salas da rede, em 13 estados.